Conectar
Mais um Blu-Ray do Rei para coleção. Dessa vez, Live in Las Vegas, gravado no Estados Unidos no final de 2014 com direção de Jayme Monjardim. Foi um dos melhores show de Roberto Carlos que canta e encanta durante quase duas horas em 4 idiomas. Um registro agora a altura de uma imagem full-HD reprocessada em HDR com um som vibrante em Dolby 5.1 canais. Tá na mão!
O cantor, compositor e político Agnaldo Timóteo morreu hoje aos 84 anos de idade, vítima da Covid-19. Ele estava internado desde o dia 17 de março no Hospital Casa São Bernardo, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Agnaldo Timóteo gravou quatro belíssimas canções do rei Roberto Carlos, nunca gravadas pelo seu autor que são: Meu Grito (1967), Deixe-me Outro Dia Menos Hoje (1968), Os Brutos Também Amam (1972) e Frustrações (1973).
Restauração e digitalização dos tapes originais de Roberto Carlos no estúdio Mosh, músicas em italiano para o LP Parola Addio Jesus Cristo Ed Altri Suoi Successi (Sony Music, 1971).
MORRE O TECLADISTA LAFAYETTE
O organista e tecladista carioca Lafayette Coelho morreu, aos 78 anos, nesta quarta-feira (31). A morte foi anunciada por sua mulher, Dina Lúcia, em uma publicação no Facebook. Ficou conhecido como um dos grandes nomes da Jovem Guarda e gravou músicas ao lado de artistas como Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Sergio Reis e Golden Boys. Foi ele quem criou parte do arranjo marcante de "Quero que Vá Tudo pro Inferno", de Roberto Carlos, na gravação de 1965.
Depois de um ano de Lockdowns e isolamentos, reencontro meu velho e bom amigo José Henrique na Salazul. Feliz, mas triste pela ausência de um outro amigo que está em outra dimensão, diferente da nossa.
Um empresário chamado Roberto Carlos resolveu dar seu nome a uma imobiliária e construtora. No entanto, o rei Roberto Carlos ficou incomodado e entrou na Justiça para proibir que seu homônimo usasse o nome. Depois da batalha nos tribunais, o Superior Tribunal de Justiça negou o recurso do cantor e deu ganho de causa para o Roberto Carlos anônimo.

https://blogs.oglobo.globo.com/ancelmo/post/stj-nega-recurso-do-musico-roberto-carlos-contra-construtora.html